COMO A PRÓPRIA EDUARDA DIZIA "MÃE TU ÉS A MINHA ESTRELA CINTILANTE"
AGORA PASSOU A SER A EDUARDINHA, A ESTRELA CINTILANTE QUE BRILHA BEM DO ALTO DOS CÉUS

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Recebi esta mensagem do Miguel, o meu Amigo de eleição, resumindo a sua forma de vivenciar a amizade...

“O amigo que consegue estar calado connosco num momento de confusão ou desespero, que pode ficar ao pé de nós numa hora de desgosto e pesar, que tolera não saber… não curar… É este o amigo que verdadeiramente quer saber de nós.” Henri Nouwen, escritor e teólogo holandês (1932-1996)

3 comentários:

Princesa Bé disse...

mas tinhas dúvidas?

bjo

Fernanda Barata disse...

Como é dificil encontrar amigos assim. Pese embora a amizade sincera de algumas pessoas que conheço, e o desejo de muitas em me ajudarem, a verdade é que nos momentos menos bons, todos opinam, todos apelam ao seu poder da cura pela palavra, todos têm aquela frase para dizer: "...mas tu és forte, foste sempre forte, tu aguentas". A empatia e a presença silenciosa mas incondicionalmente positiva, quase nunca estão ao nosso lado. Temo-nos apenas a nós, dentro de nós mesmos, e é dentro de nós - no silêncio e no diálogo com o nosso "eu" - que precisamos encontrar esse nosso amigo.

LMFerraz disse...

A ideia não era divulgar, pois era apenas mais uma daquelas partilhas "silenciosas" que costumo oferecer-te, mesmo quando as não digo em palavras.
De qualquer modo, já que puseste aqui a público, confirmo com um abraço "virtual" a disponibilidade real para estar por aí... sempre que precises. Sem receitas ou soluções mágicas, que não tenho, mas com vontade de andar para a frente e não te deixar para trás.
Acho que esta é a primeira vez que escrevo neste blog, que visito de vez em quando, talvez apenas para ver "onde" estás. Porque sobre a pessoa de quem se fala, ambos sabemos muito bem onde está...
peço-lhe muito para olhar por nós.
Quanto a ti, até logo!
Miguel