COMO A PRÓPRIA EDUARDA DIZIA "MÃE TU ÉS A MINHA ESTRELA CINTILANTE"
AGORA PASSOU A SER A EDUARDINHA, A ESTRELA CINTILANTE QUE BRILHA BEM DO ALTO DOS CÉUS

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Para Ti...

Para Ti querida Eduarda de Sempre, caminho seguro da imortalidade de qualquer mundo, de qualquer vida... Amo-te e sempre amarei! http://www.youtube.com/watch?v=a8SEvNJibns

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Sonhos, tudo é possível...

"Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, todo o universo conspira a seu favor." - Johann Goethe

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Acredito em Ti!

As estrelas iluminam, cruzam caminhos. Não importa o que dizem e pensam. Mas, seguirei os meus rumos, acertando e errando, caindo e levantando. Hoje senti luz. Esse brilho que me leva para os sonhos, os daí e os daqui. Senti luz porque algo nos juntou, reformulou. A vida vai mudando, surpreendendo. As margens do rio existem. Uns caminham de um lado e outros no lado oposto... Mas, quantos são os que se lançam às águas para ao nosso lado caminharem? Não julgando, não cobrando, não apontando... Viver é aceitar e estar com o outro, como ele é, como só consegue ser!

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Mãe canta no hospital para a sua filha poucas horas antes de esta falecer

Chamava-se Lindsey Lourenco, tinha 18 anos, e durante seis longos anos lutou contra um cancro, mas este ano infelizmente deixou-nos. E foi precisamente a poucas horas dela falecer que a sua mãe, em jeito de despedida, lhe cantou uma música em homenagem à sua luta contra o cancro e acima de tudo para lhe mostrar todo o amor que sentia por ela e que naquele momento tão difícil não estava sozinha. Vejam: http://www.youtube.com/watch?v=8d9FUYUv0JI#at=289

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Férias pertinho

As férias não são um luxo. Com pouco ou quase nenhum dinheiro conseguimos passar boas férias. Ao lado da nossa casa, numa praia mais próxima, na natureza profunda do nosso concelho, nos monumentos perto de nós, poderemos fazer excelentes férias. E mesmo que tenhamos de fazer mais uns quilómetros que seja dentro do nosso País. Descansar, sair do ritmo do trabalho, faz bem e recomenda-se. As férias para uns são um luxo porque não as podem ter como outros mais ricos, aqueles que vão para os destinos chamados de sonho. Estão enganados. Portugal tem coisas maravilhosas. Não é preciso ir para longe e tentar descobrir coisas como se cá não existissem. Portugal é um dos melhores Países para se viver e passar férias. Da paisagem à gastronomia, dos monumentos às praias, tudo é imensamente bom, tudo é replecto de perfeito. Viva Portugal, o nosso País. Espero que continue sempre nosso, porque até o feriado da Restauração desapareceu, como se a soberania pouco ou nada valesse.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Todos os meses dos teus anos...

Neste mês de Junho farias 13 anos. Já que não te posso dar uma prenda vou prendar-me a mim e a todos os meus amigos, mais ou menos chegados, com uma fotografia dos teus anos. Foi num sábado, a 21 de Junho de 2003, fizeste 3 aninhos de vida. Na verdade, os anos podem ser segundos. Num instante tudo muda, tudo se altera. Não adianta a riqueza ou dizermos que somos mais e melhores que todos os outros. Não passamos de simples passageiros deste mundo, até chegar o nosso bilhete de ida. Embarcamos todos no mesmo comboio mas uns vão saindo em estações diferentes. Nessas estações, outros amigos vão entrando. Uns entram e outros saem. Isso é a vida, na mais pura das suas descrições. Eduardinha, fazes neste mês de Junho os lindos 13 anos. Embora não estejas connosco visivelmente, sei que vives mais do que nunca estes e muitos mais 13 anos de vida… Nesta foto, o brilho dos teus olhos, das velinhas no bolo, com o toque único e inolvidável da tua mãe…

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Um hino...

Esta canção é um hino da minha vida. Penso que resume a essência do que fui e sou, de tudo o que fiz e faço... E farei!!! Vou continuar a acreditar no acordar em cada manhã... apesar de ver um País que não nos deixa sorrir. E todos nós precisamos de florir, para compôr este jardim que é Portugal. Nesta primeira hora depois de Abril, consigamos ir buscar a bravura dos descobridores do Brasil, do mundo e dos mundos. É preciso que em Portugal se dê o direito a cada cidadão para cumprir a sua história, ou não comemoro o 25 de Abril de 1974. Porque ele é cada vez mais preciso, novamente! Um abraço a todos os seguidores deste espaço (facebook) que pouco uso. Partilhem e verifiquem que ainda tenho esperança neste País que nos viu nascer. Joaquim Santos, 26 de Abril de 2013, a sonhar com Abril de 1974, quando tinha apenas dois anos de vida! www.youtube.com/watch?v=Jb7LTOMJ3Qg