COMO A PRÓPRIA EDUARDA DIZIA "MÃE TU ÉS A MINHA ESTRELA CINTILANTE"
AGORA PASSOU A SER A EDUARDINHA, A ESTRELA CINTILANTE QUE BRILHA BEM DO ALTO DOS CÉUS

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Hoje fui viver de perto o "Vitinho"

Na Igreja Paroquial de Parceiros, hoje fomos lembrar o "Vitinho", um jovem que partiu deste mundo há precisamente um ano... O sinal evidente de Deus, foi muito bem destacado pela celebração do Pe. Adelino Ferreira que num feliz exemplo recordou a vida e sentimentos de Santo Agostinho.
Que momento contagiante, saber que na vida desse Santo, embora num momento tardio da sua existência, mesmo assim, sentiu a grandeza de Deus, apesar de ter mais de 30 anos de vida arredado dessa fé... E foi o próprio Santo Agostinho, com o seu irmão, em Roma, que perante a morte da sua querida mãe, lembrou que é perante Deus e do que Dele esperaremos, que conseguiremos através da fé a nossa salvação.
Estavam muitos amiguinhos do "Vitinho" e eu como amigo recente pois não o cheguei a conhecer... Que Deus ajude os seus pais e irmã nesta jornada difícil. Que juntos saibamos encontrar o caminho, os desígnios de Deus. No livro que publiquei "Estrelas que Voam para os Céus" encontrei belos exemplos de pessoas que mesmo perante o mais difícil conseguem encontrar trilhos que fazem chegar mais perto do Criador e creio Acolhedor.
Que o "Vitinho", esteja junto da Eduarda, junto de um campo de margaridas, de papoilas, de malmequeres... Que juntos saibam perceber que também um dia estaremos lá, naquele cenário que só existe em nós no imaginário, no lado das melhores inspirações humanas, mas nos nossos filhos que já efectuaram essa passagem, já o percepcionam e vivem intensamente.

2 comentários:

Rosario disse...

Amigos, só agora tive forças para vos agradecer a singela dedicatoria ao Vitinho.Os Nossos Filhos de certo que estão a acompanhar-nos e a dar-nos coragem. Eles são lindos, muito lindos. Beijinhos

Anónimo disse...

Ola. Obrigada por nos premiares com todas estas palavras lindas.
Força e muita coragem para enfrentar a vida...
beijinhos