COMO A PRÓPRIA EDUARDA DIZIA "MÃE TU ÉS A MINHA ESTRELA CINTILANTE"
AGORA PASSOU A SER A EDUARDINHA, A ESTRELA CINTILANTE QUE BRILHA BEM DO ALTO DOS CÉUS

domingo, 19 de dezembro de 2010

Ainda sobre o triste 'poder' ilusório de impressionar...


Quem me conhece bem sabe o quanto aposto na simplicidade. Fujo das cerimónias, das representações de sorrisos e de status. O carro? Prefiro andar no meu dia-a-dia com o mais prático. As roupas? Uso as que me fazem sentir bem. O dinheiro? Tenho felizmente o que me proporciona as refeições necessárias e que me ...faz deslocar nalgumas viagens de lazer.
Na verdade, prefiro as pessoas que gostam de mim como sou integralmente. Não vivo para impressionar. Quem se abeira da minha vida sabe o que sou e o que tenho para dar. Quem se afasta, entendo bem as razões porque nunca conseguimos conquistar todas as pessoas. Somos únicos, irrepetíveis. Nunca no mundo haverá outro Ser como eu. Por isso, importa valorizar e Amar quem realmente optou trilhar perto dos meus caminhos. É para eles, apenas essas pessoas, que desejo chegar até ao fim da minha linha de vida. Tudo o resto foi paisagem que passou, vozes que se perderam, olhares que se apagaram e sentimentos que se tornaram disformes.
A vida é uma ponte e só alguns querem/podem atravessar comigo...

3 comentários:

wcastanheira disse...

Um belo sorriso da sua menininha, um belo espaço o seu, interessantes textos, foi muito bom passear por aqui, pra vc bjos, bjose bjosssssssssssssssss

cakamei disse...

Olá Joaquim, Cristina... quanto tempo não lhes escevo.Mas não há uma semana que não visito o blog da Eduarda e me alimento de textos tão lindos e profundos escritos por ti Joaquim. Todos acolhendo minha alma e minhas reflexões sobre a vida. Como vcs também busco o suficiente para viver bem e em paz. Isso nos ajuda a lidar com as pedras que temos que enfrentar e remover de nosso caminho. O final do ano está ai e me inquieta ver tanta a correria das pessoas para ter e ofertar muitas vezes faltando o principal nessas ações: O afeto espontâneo compartilhado a cada segundo de nossa existência, que muito falta durante o transcorrer de um ano inteiro. Por isso não vou desejar-lhes tudo de bom somente nesta época ,mas em cada dia vivido por todo o tempo em que permanecerem neste Universo. Que cada dia seja sublime e terno e que a força e a coragem sempre toque vossos corações. Bom 2011 . abraços Néia

Cláudia disse...

Vi e descobri este blog pelo programa da manhã da TVI.
Arrepiei-me, chorei, limpei as lágrimas voltei a chorar ...
Chorei pela estrelinha, pela fada, pela Eduarda e pelo meu pai que também partiu há 5 anos.
Força e coragem mesmo sabendo que é muito mais fácil falar e escrever do que viver!!!