COMO A PRÓPRIA EDUARDA DIZIA "MÃE TU ÉS A MINHA ESTRELA CINTILANTE"
AGORA PASSOU A SER A EDUARDINHA, A ESTRELA CINTILANTE QUE BRILHA BEM DO ALTO DOS CÉUS

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Se soubessem…


Se soubessem o que me vai na alma, quanta dor sinto por não te ter junto de mim…

Vejo sorrisos a mais, alegrias contagiantes, euforias quase inexplicáveis para o meu pequeno mundo… Fez 3 anos no dia 18 de Maio que foste para o Céu e mais parece que muitas pessoas já se esqueceram que pertences ao mundo das estrelas.

Não se imagina a dor, as lágrimas que saem dos olhos e as outras que jorram no meu íntimo. Mas em mim existes, também em todas aquelas pessoas que te fizeram o Ser maravilhoso que para sempre serás recordado.

O mundo corre, balanceando entre a alegria do ter e fazer. Por vezes, esse mesmo mundo que me rodeia, joga para o passado, toda a minha realidade, o meu estado triste e cabisbaixo de não te ter junto de mim. Mas não és passado. És presente bem presente, mais viva do que nunca, minha Eduarda de Sempre.

Se as outras pessoas soubessem… ainda bem que não sabem porque não iriam soltar os risos estridentes que lançam no espaço, neste mundo confuso e por vezes injusto…

No dia 21 de Junho, serás evocada através do livro que publicarei em tua memória… A edição “Estrela Cintilante” contará uma história onde tu és a protagonista, com os teus exemplos de vida. Gostaria que muita gente partilhasse esse momento…

7 comentários:

Cida disse...

Joaquim, cá estou eu de novo... Volta e meia sinto vontade de vir visitar minha linda estrelinha. Ontem, finalizei a leitura do livro: A Cabana de autoria de William P. Young. Enquanto o lia, volta e meia você me vinha a cabeça e você só vai saber porque se também ler o livro. Consulte pessoas que já o leram (ele está em primeiro lugar na lista dos mais vendidos do The New York Times)e verifique se acham que esta leitura vai te trazer algum bem e alguma paz. Na contra capa vem escrito: "Esta história deve ser lida como se fosse uma oração -a melhor forma de oração, cheia de ternura, amor, transparência e surpresas." Se por acaso você ler e isso contribuir de alguma forma para iluminar um pouquinho mais a sua vida, por favor, entre em contato comigo pois eu gostaria muito de saber. Meu blog é:mosaicos-cida.blogspot.com
Um grande abraço para você e fique com a proteção de Jesus e Maria.
Maria Aparecida ( Brasil ).

Miss Lee disse...

Joaquim,

não vou puder ir a Leirtia à apresentação do livro. é o meu fds de serviço... desejo-te mil estrelinhas da sorte!

beijinho

Silêncio Prateado disse...

Ola...

Um texto muito sentido, um cantinho muito sofrido e ao mesmo tempo tao cheio de Amor. Comovi-me muito com o som destas palavras, com a linda Eduarda...
Que linda e doce menina...
Vou voltar... com certeza.

Deixo um abraço cheio de Amizade e que a força nunca os abandone.

Se quiserem falar um pouco

mmmfonsec@hotmail.com

Ricardo de Carvalho disse...

Joaquim, tenho muito pena de não poder estar no Domingo, é uma homenagem muito bonita que fazes. Força!

Cida disse...

Tudo de ótimo para você amanhã no lançamento do livro!!! Gostaria muito de estar aí, mas infelizmente 8.000 quilômetros nos separam... Tenha um domingo abençoado. Um abraço afetuoso. Cida (Brasil).

Princesa Bé disse...

miminho para ti...

Ana disse...

Vezes sem conta que já tentei deixar uma palavra, mas sempre me comovo e nem consigo começar..
Ainda hoje não consigo entender o porquê de termos ficado sem a NOSSA MENINA........
Das poucas vezes que estive com a Eduarda, sempre me puxava para dançar-mos, que bem que dançava..
MENINA TÃO MEIGA E TÃO DOCE
Meu Deus tanta gente Má que anda por aí, e.....


Primo, não sei onde tens ido arrajar tanta coragem para suportar esta DOR, concerteza nem tu próprio saberás?!

Um BEIJINHO ENORME da prima,ANINHAS